sábado, 5 de abril de 2008

Encha seu pote de creme ou o refil sem refil

Eu sou mulher fresca e adoro creme. Adoro os potinhos também. Mas não gosto de ver mil potinhos no lixo. Daí eu vou no catálogo e peço a opção em refil. Mas, mas... isso adianta, mesmo? Porque vou acabar tendo mais um pote para jogar fora, de qualquer jeito.

Daí que fiquei imaginando como seria legal uma loja self-service com enormes tubos de creme coloridos pendurados no teto. Você chega e paga uma taxa de acordo com os cremes que quer e o tamanho do pote que vai encher (mas tudo bem mais barato do que comprar o pote de creme na farmácia, claro). Daí é encontrar o tubão correto, apertar um botão e o creme percorre um tubo espiral fazendo um barulho BRUUUUU e cai um monte de creme no seu pote. Assim, meio fantástica fábrica de cremes maravilhosos.

Daí a moça da loja, para ganhar um extra, faz propaganda de outros produtos e oferece potes bem bacanas da própria loja. E como você já economizou bastante trazendo seus próprios potes, acaba comprando uma loçãozinha milagrosa para acabar com as olheiras que nem sabia que tinha.

Enfim: é bacana, é econômico e diminui a quantidade de lixo que você produz.

Em tempo: a Lush, aquela loja cheirosa que vende coisas em barra com sabores (ops!) curiosos, faz questão de mostrar que todas as embalagens vendidas ali são recicladas. Bom, pelo menos no site inglês. Qualquer dia vou comprar lá só pra descobrir qual é.

3 comentários:

Emerson Niide disse...

Mais ou menos igual o carro que passa na rua de casa vendendo cândida! :P

Mas seria legal mesmo esse idéia. Podia ser por peso, vc pesa antes e depois seu potchenho. Ia ser no mínimo divertido. E podia ter uma promoção tipo "Pote bonito não paga"!

Elisa Volpato disse...

Aieee! Eu quero um caminhão desse passando perto da minha casa. Lá não tem nem pamonha de piracicaba.

Claudia disse...

Seria maravilho passear por uma loja, com milhares de cremes pendurados, um verdadeiro self-service econômico.